Resultados...


Chegaram os resultados dos exames.

A cabeça está perfeita.

Já sabia disso há muito tempo e já lhes tinha dito...mas não...que era melhor fazer os testes à cabeça.

Deixei.
Vi, no papel, como as ondas se enrolavam nos vários pensamentos que desenvolvi de propósito para o teste e aposto que se os tivesse verbalizado alguém teria ficado envergonhado (eu provavelmente). E o papel ficou bem riscadinho, aquilo é que eram subidas e descidas.

Mas encontraram patologias? Não. Não havia nenhuma medusa, arraia ou tubarão naquelas águas revoltas. Pronto assim está comprovado cientificamente que estou sã, tal como eu clamava ao sete céus!

Infelizmente também ainda não é desta que eu ligo o dedo ao contador da EDP e transfiro energia grátis. Vou ter que continuar a arrotar com a contas todos os meses enquanto eles projectam filmes nas barragens, a gastar a luz de todos.

Já o sangue...esse não sendo azul (mas quase lá...quer dizer, assim visto na pele parece quase quase azul...Deus me livre disso)...corre lentamente nas veias...devido à sua espessura! Corre não...que isso cansa...anda de coche, puxado a dois cavalos (não é agradável sabiam? porque os animais de vez em quando fazem as necessidades ou bufam à medida que produzem força motora para pôr tudo em andamento).
Sim, faço parte daquela fatia de tugas com o colesterol elevado...a ver se bebo mais água para diluir a snaiça!

As boas noticias são que continuo free of candy in blood...também já desconfiava porque de doce nada tenho.

Vamos então celebrar. Divirtam-se!
.

Pump Up the Jam

Esta foi uma das musicas muito in , do final do anos 80...



Agora surge esta nova versão nas rádios...talvez ainda bata...mas por enquanto prefiro a versão tecno!

Emagrecer...duhhh


Quando chega a esta altura o pessoal (e quando eu digo pessoal não são só as mulas porque há aí muito homem incluído entre o "pes" e o "soal") vai olhando para o crescimento lateral, frontal e rectal...rectal talvez não seja a melhor palavra mas de momento escapa-se-me a apropriada...tungas...já está...perdi-me...já outras ideias dão encontrões às paredes de cerebelo e querem vir escarrapacharem-se aqui!

Retomando...o pessoal vai olhando para o crescimento e...acredito que algumas mulheres olhem para os fabulosos seios que ganharam com a coisa e tenham pena de os perderem...desde já...digo que se perderem o crescimento conseguido com algum esforço perderão volume e além disso as duas fabulosas começam a ficar tristes, portanto mais descaídas com a decepção...tungas....divaguei outra vez...mas não me perdi...adiante...começa a pensar em reduzir por causa dos fatos de banho...e olhares alheios...algumas pessoas esperam ainda serem descobertas como novos Top modelos...sei lá que mais!

E o que faz este pessoal?

- exercício e alimentação equilibrada (saladas, portanto, devia dizer portantos né?...ficava com outra sonoridade...). Estes conseguem obter resultados, fartam-se de transpirar as estopinhas, comem só erva e vegetais, começam a ficar irritados porque cortam nas carnes, andam sempre cansados porque sim, mas conseguem ficar no top dos tops. Escusado será dizer que no verão metem-se na cervejola fresquinha, nos petiscos, o humor aumenta, são convidados para festas e no final do verão já se arrastam com o peso da pele tostada;

- há aqueles que se inscrevem no ginásio e para além da primeira semana nunca mais lá põem os pés...e depois resmungam porque o exercicio não lhes fez nada...

- Há quem recorra à apuncultura e às massagens linfáticas - ficam todos espetadinhos e levam uma tareia que quando saem da marquesa trazem consigo não só toda a massa corporal como também todos as dores inerentes ao tratamento...é-lhes no entanto recomendado que devem fazer exercício e uma alimentação equilibrada..senão não há milagres!

- Comprimidos, pozinhos e chazinhos...podem ler nas indicações que estes só farão efeito quando a pessoa para além de tomar coisas que aumentam exponencialmente as mijadinhas (alguns as cagadinhas) têm que acompanhar, imperativamente, com uma alimentação equilibrada e exercício regular.


Duhhhh...no fundo se não se fizer um equilíbrio e um regulamento a coisa não vai ao sítio...tudo o resto é conversa meus amigos!

Quanto a mim ginastiquei tanto, agora, os dedos que me abriu o apetite. Vou ali comer uma pizza e depois da barriguita cheia vou deitar-me no sofá de pernas para o ar para a ventilação correr naturalmente!

Não há melhor exercício que este!

E se...


...um estranho lhe oferecesse Flores, isso era...?


UMA OFERTA, Por isso Agradeça!



Bons sonhos


Já anteriormente disse aqui que normalmente me lembro dos sonhos.
Também referi que geralmente sonho a cores.
Também posso acrescentar que tenho um pesadelo recorrente.

Posso ainda mencionar que, tal como todas as pessoas, tenho sonhos eróticos, cujo corpo, responde.
Tenho sonhos em que acordo a quando estou a cair num abismo e outros em que acordo a chorar.

O que nunca me tinha acontecido até hoje foi acordar a rir. Duas vezes.

O mais engraçado é que passei por várias fases: estava a entrar na erótica quando se tornou no meu pesadelo recorrente e depois...se tornou na coisa mais engraçada com que se pode sonhar...e ri-me sonoramente.

Acordei bem disposta...venha o resto da terça para as costas que eu hoje posso bem com ela.

Um bom dia para vocês!

Afecto...



Gostava de lhe dar um abraço e de lhe dizer que é uma das pessoas mais importantes da minha vida...

...infelizmente não faz parte da minha maneira de ser...ter esse tipo de manifestações afectuosas.

Fica a vontade...

Fica a intenção...

Fica o desejo de estar e tê-lo sempre por perto...enquanto der!
!

Aos Nubentes


Hoje a manix decidiu dar mais um laçarote em tons de lilás na sua vida. Foi assinar o papeluxo que a ligará formalmente a outra pessoa, agora o cunhadix!

Da intenção de apenas um rabisco no papel entusiasmaram-se tanto que fizeram uma festa, com direito a bolo e tudo. Com pena minha não vou estar presente no acto da assinatura nem vou enfardar algumas das delícias suíças...mas estarei por aqui nas outras ocasiões...nesta também estou por aqui...mas penso que dá para entender o que queria dizer.

Só espero que a assinatura tenha ficado legível porque, ao que soube, ontem as comemorações começaram bem cedo e hoje o pessoal (noivos e convidados) devia ir todo de ressaca para a frente do papel.

Estou ansiosa para ver as fotos...

Resta-me desejar felicidades e que tirem com cuidado os bonequitos de cima do bolo...

Fragmentos


O gajix hoje passou o dia com os avós enquanto a mamix dele foi trabalhar.

Foi feriado por estas zonas. Foi dia de apanhar a espiga e portanto foi dia de passeio.

Gajix aprendeu hoje a velar ameaças aos avós:

- Gajix...não praia...chora!
(tradução: Se o gajix não for à praia chora tanto mas tanto que vocês avós não vão suportar tanto sofrimentos e vão fazer tudo o que eu quero e mais alguma coisa inventada por vocês, só para me calarem. Por isso o melhor é levarem-me onde eu quero!)

Tungas...vai buscar!

Ivangivaldo

Somente Três homens andaram sobre as águas em toda a história da Humanidade:

-O primeiro foi Cristo.
-O segundo foi Pedro.
-O terceiro foi Ivangivaldo.

... Mas quem é Ivangivaldo???
-É o tipo da foto abaixo!

A história que sempre quis contar apenas com o intuito de provar uma teoria!


Tenho uma história para contar mas como acho que a maior parte do pessoal vai ficar decepcionado com o tamanho...nem sei se me deva atrever.

Não é que a história seja muito grande. Eu é que não sei muito bem como começá-la de modo a que toda a gente a entenda na sua forma mais simples.

Podia começar por atirar para aqui com uma frase em que entre o sujeito e objecto pusesse um daqueles verbos apelativos ao drama, ao suspense e prendesse o leitor à postagem.
No entanto enquanto a frase sai e não sai já a pessoa do outro lado do ecrã, e quero desde já esclarecer que essa pessoa mais não é que tu próprio/a, começa a coçar a cabeça e a pensar em todo o óleo que as pontas das unhas deixaram no cabelo.

Mas espeeeeeeraaaa, ainda não vás lavar a cabeça, tem santa paciência porque eu ainda nem sequer arranquei com a história e não vais querer ir tomar um duche, relaxar os músculos das costas e ficar cheirosinho/a enquanto pelo menos não souberes qual é o verbo que tenho para soltar na minha primeira frase da história. Cá vai em itálico:

O cão velhote foi-se...

...cá está o tal verbo, que só por si é apelativo e mais é metaforicamente dramático e deixou-te num estado supremo de suspense para saber como acabou. Bom, a frase não está acabada falta o objecto, por isso, se estás neste momento a pensar que o cão, que apesar de ser velhote, quinou estás mesmo muito bem enganado/a.

O cão velhote foi-se à barriga das pernas do carteiro.

Ahhhhhhhh desta é que não estavas à espera, pois não? Espera camandro o cabelo ainda não está assim tão seboso...daqui a pouco ficará mais...
Bom, para tornar esta longa história curta não me vou deixar, aqui no momento, perder-me em detalhes da infância maravilhosa que o cão teve e da excelente educação a que foi sujeito ao longo da sua prodigiosa vida. Também não me vou aqui alongar dizendo que este cão sempre foi bastante amigável e inofensivo e que até se dava muito bem com a pessoa que era o carteiro antes deste o ser. E também não vou aqui relatar que desde que o cão ouviu pela primeira vez a campainha da casa e alguém a responder a um: Quem é? Sou o carteiro! os seus olhos quase cairam fora das órbitas e com a orelhas espetadas e beiças arreganhadas ganhou-lhe, assim como quem não quer a coisa, um ódio de estimação.
Percebeste? Não te vou maçar com estas baboseiras todas porque evidentemente já não conseguiste chegar a esta parte do texto o que implica que já comprovei a minha teoria. Que é: "Quando um post, seja de baixa, média ou alta qualidade, é demasiado grande o pessoal prefere olhar apenas para a foto e passa para um blogue mais acessível à quantidade de palavra que os olhos podem dar registo ao cérebro que dali nada é chatoooooo."

Entretanto apesar da teoria estar comprovada ainda não contei a história.

O cão de facto é velhote, já sem dentes, e ainda levou o seu quê de tempo a chegar à barriga das pernas do carteiro. O carteiro ao ver o cão quase a perder os olhos numa corrida destrambelhada (mas que era a única possível para a idade do animal) sorriu sem fazer grande caso...até que...

...vocês podem constatar como eu consigo sempre enfatizar uma estado de suspense utilizando as reticências e parando no limite do desembrulhe da história...

...até que...lhe abocanha a barriga da perna...

Ahhh e tal...hospital, raiva, tétano e gangrena...pensas tu a querer abreviar a história. Não amigo/a...nada disso!
Eu conto porque tu não sabes nada e já estás para aí a tentar adivinhar...se por acaso chegaste até aqui!

O cão abocanhou-lhe a barriga da perna. O carteiro ficou surpreso e sacudiu aflito, a pernita, ao primeiro impacto mas depois começou a rir desalmadamente...

...e porquê? Porque se riu o carteiro, tanto, com o cão agarrado à barriga da perna?

É precisamente a tua resposta ali em baixo que me vai comprovar sem qualquer sombra de dúvida a minha teoria!

Busca tibi!

Ubu good Dog!





Gaijas pá!

Mandei este email a um dos blogues que andam por aí na esfera e como lhe achei piada decidi partilhar. Peço desculpa ao Sr. em questão mas sou assim...um bocado a atirar para o foleiro ;)

"Olá Sr ****


Há algum tempo que acompanho o seu blogue. :D Boa não é? Shiuuuu...sou das silenciosas!

Não sou nenhum "às" em português nem provavelmente chego a "valete" se chegar a manilha, já seria upa upa...espere...hummmm...
manilha é superior ao valete não é? Bom, se for no jogo do burro...não!...desculpe...desviei-me...

Mete-me confusão ler gaijas com um "i"...

Sei que há palavras que se podem ler/escrever de maneiras diferentes,como touro e toiro, mas gaijas com um "i"...:s
É que já lá está o "j", com pinta, e pôr o "i" (outra letra com pinta) bem juntinho fica ...diferente...do que eu uso!

Veja o exemplo da Igreja, não da instituição em si...mas da palavra..se escrevesse Igreija...uiiiiiiii...não acha que era demasiada pinta para a instit...a palavra?

Seria como a cereija em cima do bolo...muito pesada por excesso de pinta!
Além disso quando há duas pintas seguidas nós não temos que retorcer a boca toda para fazer daquilo um som em "U" acentuado? :P

Digo eu que nunca disse nenhum palavrão desses!

Xiiiii...

Lembrei-me agora que também utilizo o "j" e o "i" juntos, na palavra gajix...hummmm...que disparates estou eu para aqui a dizer ao Sr. ***!

Escusa de me estar a arreganhar os dentes...e a encrespar o pêlo!

Eu às vezes tenho coisas destas...ladro mas não mordo!

Mais valia estar calada!

Bj"

Hoje não...


Todos os dias ando ansiosa para correr em direcção do teu abraço...

Todos os dias olho para o teu sorriso estampado no ecrã do pc e lembro do teu riso maroto...

Todos os dias vou ter contigo, a saber que vais correr na minha direcção e que antes de te conseguir apanhar já tu fugiste esbaforido para te entreteres com uma brincadeira qualquer...

Todos os dias vamos a cantar para a cama e damos o tal abracinho que tanto desejei...

Mas hoje não...

...e já estou a ansiar pelo final do dia de amanhã!

Vou a cortes


Decidi acabar com as minhas contas no HI5 e Facebook.
.

Na crista da onda


Vou-me sujeitar a um exame que mede ondas cerebrais...não sei porquê...uma vez que já toda a gente sabe que as minhas ondas são irregulares.

Tenho muitos picos de energia nessa zona (up and down), dizem uns;
Tenho uma disfunção epiléptica, atiram outros...
os uns e os outros são doidos e eu sou a única sã, digo eu.

É que toda esta electricidade que eu tenho no corpo...anda a preocupar algumas pessoas...já cheguei a dar choques e dói...pois dói...e não é só aos outros...dói-me sobretudo a mim, já me dizia o meu pai quando me dava uma palmada...já era disso!

Bom de toda a maneira a electricidade anda toda desgorvenadinha e eu possuo um papel verde que me pode dar acesso à canalização dessa energia...ou isso ou vou encarnar uma personagens no próximo filme dos X-men!

Ahhhhh já começo a imaginar-me a atirar energia positiva pela pontas estragadas do meu cabelo e negativa pelos mindinhos...ui ca coisa bonita de se ver...e isto tudo juntamente com o meu silvo pulmonar vai provocar o terror aos bichos carpinteiros.
!

A melhor de ontem...

...nos contemporâneos!

Foi a resposta dado pelo entrevistado do Bruno Nogueira...(vou descrever a cena porque acho que ainda não está no tubi)
"Bruno - Era capaz de ir a Fátima a pé...ou de Joelhos?
Senhor: Quem?
Bruno encolhe os ombros como quem interroga : A quem raio fiz a pergunta, camandro?
O senhor prossegue na sua resposta: Era capaz de ir a pé...ou de joelhos...daqui até à central de Sagres de Vialonga...
Bruno tem um reflexo precavido não vá sair dali alguma coisa com que não está à espera...
e o homenzinho continua:...e mandava-me para dentro de um pipo...daqueles grandes...e só vinha cá ao cimo pedir tremoços...mais nada!"
Eu não sei como o Bruno se aguentou...eu descadeirei-me a rir!
!

Nas horas...

É mesmo nas horas mais necessitadas que vemos quem nos vira as costas...

...que estranho...de pessoas que não estávamos à espera!

O mais estranho é que quando nós os tentamos agarrar e pomos a mão no ombro elas reagem bruscamente e espetam-nos um punhal no peito.

Chato: vai mas é tomar o comprimido...que estás a precisar!

Enfadonhice


Quando uma pessoa vai a uma sessão de esclarecimentos vai sempre com a perspectiva que seja...huuummmm...digamos...assim...esclarecedora!

Ouvimos os oradores e no final de quatro horas além dos aspectos gerais da coisa chega-se à seguinte conclusão: Que enfadonhice!

Aspecto geral:
De quatro oradores:
- O primeiro dizia coisas do género: Vamos facilitar a buroc...aliás...a desburocratização; As PMEs podem..aliás...não podem concorrer se...; Esta garantia não requer...aliás...requer comparticipação no capital social....pppfffffffffffff...boriiinnnnggggg

- A segunda falou muito bem e despachadamente, com inflexões na voz, mas infelizmente esteve a vender um produto numa sessão de esclarecimentos. Enfim...ma lá que esclareceu...esclareceu ;

- O terceiro falou em tom monocórdio e sempre a ler o que tinha escrito nos slides em pps...ppfffffff....extremely borrriinngggg;

-O quarto falava muito bem mas mexia-se muito...muito é dizer pouco...mexia-se demasiado...mexia-se tanto que na maioria das vezes para poder esbracejar afastava-se do micro e nós deixávamos de o ouvir.

Dos "esclarecidos":
- Havia gente que de Cu de Sapateiro nada tinham...andavam de um lado para o outro a incomodar o pessoal que estava sentado;
- Telemóveis em perfil de silêncio era mentira. Aquilo era talalão, tililim, pipipi, Viva la vida, Taxiiii...

de mim:
- em vez dos meus aatttccchinnnnss sonoros tive que fazer um fulgral tchi, tchi...o que não me satisfez de todo porque via-me forçada a abanar a cabeça (comó cão) e a limpar os olhos lacrimosos (suponho que o cuspo que não saía pela boca, aquando do espirro somitico, estava a sair pelos olhos);
- Quando o meu cérebro me implodia com a palavra "enfadonhice" via-me obrigada a fechar os olhos e a levar a cabeça para trás...não me perguntem porquê...mas ficava zonza e fazia força mental para que viesse outro orador o mais rapidamente possivel. Mas como o seguinte era mais enfadonho que o anterior...no último a minha cabeça já rebolava pelo chão...ou isso...ou desmaei!

Enfim: Enfadonhices que me deram 6 créditos. Tungas já tá...valeram a pena!
!

Coisa que irrita é...


...eu fazer comentários nalguns blogues e são poucos porque o tempo não vai dando para mais e depois não aparecem...ou porque dão erro ou porque o blogger os papou...seu...seu...guloso...seu...seu...


...Bicho papão!
!

Comentário

Em resposta ao pedido de ajuda deixado pelo Vicio neste post pus o seguinte comentário:

"Transtorno agudo polimorfo com sintomas de esquizofrenia CID 23.1, com relação a sintomas e perspectivas de cura"

Podes dizer-lhe o seguinte:

Um pessoa que sofra de transtorno AGUDO em várias áreas da sua morfologia com uma denotação já medicamente comprovada de esquizofrenia CID 23.1 tem os seguintes sintomas:
- Fala com ela própria, quer mentalmente que verbalmente;
- Fala com outras pessoas sem qualquer raciocínio lógico de inserção social;
- Fala com pessoas criadas pela sua própria mente;
- Por vezes pode ter picos de energia cerebral que leva à esquematização de sistemas económico-matemáticos;
- faz buscas no Google com frases completas incluídos conjunções e contracções linguísticas;
- e vai procurar ajuda em fóruns de blogues.

Perspectivas de cura:- Nulas. O CID 23.1 lixa tudo!

Riso contagioso


Sou uma pessoa dada a risos fáceis.
Actualmente tenho um riso sonoro do género: Ah ah ah ah ah ah.

Já testei vários tipos desde o eheheheh, o ihihihihihihihi, tentativas à "Nany"e/ou "Janice", o uauau uauaauauau, o choro a rir e até o abanar de ombros.

Mas o que ficou foi o epiléptico: Ahahahahahah...

Agora descobri em mim um novo riso nunca antes experimentado e que saiu naturalmente. Da primeira vez que ele saiu estava sozinha, sem testemunhas, e ri-me de uma situação criada mentalmente. Da segunda vez que saiu a minha testemunha ficou tão contagiada que eu antes que pudesse contar do que me ria já ela estava a rir à despregada....portanto...tenho que ter cuidado que este riso é contagioso.

A única maneira que tenho de descrevê-lo é que é um silvo que sai das profundezas dos pulmões e que me contrai todos os musculos faciais deixando quase extasiada sem ar. Quando inspiro em busca de conteúdo próprio para as esponjas pulmonares estas, accionadas pelo motivo que me leva a rir quase inaudivelmente, contraem-se e emitem novamente, o silvo, pela boca.
É, digamos, uma espécie de apito dos pulmões!

Só o emiti duas vezes mas pretendo rir deste modo mais vezes porque é bastante satisfatório. Só tem uma contrariedade...só o posso emitir na presença de uma testemunha e quando apanhada de surpresa porque de outra maneira ninguém me ouve a rir e ainda pensam que sofre de espasmos pulmonares.

Portanto fiquem atentos, os meus mais próximos, porque apesar de continuar com o riso histérico qualquer dia poderão ser apanhados desprevenidos e serem contagiados com este novo riso: o silvo pulmonar!
!

Peso


O peso das segundas feiras é doloroso!

UNISEX


U......... N.......... I........... SEX
!

Je t'adore


A Noiva Judia atribuiu-me este prémio porque goooosssstttttaaaaaa deste blog.

Pregou-me um valente susto ao dizer que eu me tinha que me desenrascar com o francês ou assim eu li nas entrelinhas desta frase: "Já agora, tens mimo no meu kibutz. (e este vai obrigar-te a relembrar o teu francês, hehe)" ...Uiiiii... os calores que subiram por mim acima...e o frio que se fez sentir na pontinha dos dedos dos pés...mas tudo acabou em bem...


Obrigada Noiva por me contemplares nas tuas leituras e mimos bloguistas!

Regras:

1. Colocar o selo no blogue; Feito.

2. Indicar 10 blogues que adoro; Vou pôr o nik (estão todos ali ao lado) Sandrine, Precious, Inquestionável, Noiva Judia, Nikky, Bruno Nogueira, P, Lança, Vicio, Velvetsatine.

3. Informar os blogues indicados que receberam o selo; Não vou fazê-lo digamos que é o meu lado rebelde a manifestar-se.

4. Dizer 5 coisas que adoro na vida e porquê.

1- Gajix porque tem o meu queixo.

2- Chocolate porque é doce e derrete na mão e (no meu caso) não na boca.

3- Filmes e algumas séries porque me levam à twiline zone do meu cérebro onde acontecem coisas extraordinárias em tons de lilás

4- O meu nariz que embora seja arrebitado consegue detectar cheiros capazes de fazerem a boca emitirem um AAuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

5- Snoopy porque acho que visto de costas é capaz de ter as minhas coxas ;)


Homens sapiens


Adoro simplesmente quando um homem, que geralmente não tem estaleca para certas e determinadas conversas, me dá um resposta bem humorada e que me põe a mim a um canto.

Então à minha pergunta provocatória (enquadrada em termos humorísticos mas com intenção de subjugar e evidentemente dentro da conversa em género de ténis que estávamos a ter):

- E são só homens que andam a organizar esse espaço? (eles andavam a arrumar uma sala de forma a caberem 3 pessoas nesse espaço de trabalho)
-Somos mas todos sabemos jogar Tetris!

Tungassss!
Garanto-vos que não estava à espera desta resposta e que a achei muito inteligente. Gramei o gajo.
.

Grande bexiga...

...para um cão tão pequeno!

video

Apanhados!


Há dias de sorte.

O computador estava lentíssimo. O utilizador perde a paciência e para não atirar o monitor ao chão resolve desanuviar vendo uns e-mails, por sorte e perspectivando momentos de distracção e alegria no trabalho, abre um link.
Vai parar, por acaso, a um site para maiores de 18 anos e há uma foto que salta logo...pumba...sem dá cá aquela palha...e esparrama-se por todo o ecrã...

Conseguem imaginar a cena?

Agora imaginem que nesse momento o chefe aparece e diz-lhe para lhe mostrar a folha em excel onde estão os quadros financeiros da empresa e sem dar qualquer hipótese prospecta-se logo atrás do pobre utilizador que estava num momento de relaxamento inadvertido.

-Um fica todo vermelho...carrega no rato, a uma velocidade digna do super-homem, para fechar a janela...dá murros no ecrã até conseguir acertar no botão on/off e apagar o visor vociferando Raios e coriscos. Quando o ecrã fica escuro diz ao chefe que houve uma quebra de energia...

-O outro fica mudo de olhos arregalados e depois de um momento constrangedor fingiu que não tinha visto nem ouvido nada e disse que viria assim que a energia voltasse...
...
Há realmente dias de sorte!
!

Mimo


Miminho oferecido pelo Lança que comemora 3 anos de navegação em blogues (vários seus) e decidiu fazer uma oferta a todos os que o seguem e a todos que ele próprio segue.



Obrigada!

Se fosse um vilão de cinema seria...




Eláaaaaaaa... 9 vidas é muita vida...hummmm...deixa cá contar quantas já desperdicei....hummmm...acho que foi esta...até agora e ainda não acabou...boaaaaaa... 1 almost done, 8 to go! Uiiiii e sensual... all the way long...yeahhh...come on baby ligth my fire!

Agora, gostava de saber que raio de influência exerço sobre as pessoas se ninguém ME OUVE!

Não, não gosto quando as pessoas falam sobre mim a não ser que só falem bem...o que eu duvido...por isso mais vale estarem caladas, Ok?
Ok. Estamos conversados!
!

Filmes vistos

Um dos melhores filmes que vi este ano. É tudo aquilo que se pode esperar neste tipo de filmes. A história está muito bem construída e vem completar a histórias que ouvimos nos dois anteriores e o melhor de tudo com os actores que deram a cara na pedaços contados nos anteriores. Para quem gosta do género aconselho vivamente.

Este pelo contrário tem grandes falhas de realização/produção. A história está gira...finalmente não há ninguém que salve a terra da perdição...mas ficam estas perguntas:
[Spoiler]
- Como é que depois de várias horas a rodar no carro do gajo a gaja quando discorda da decisão que ele toma, sai do carro com as crianças e vai para o dela? Estava mesmo ali ao lado?
- Como é que na cena final, quando a onda de calor faz a varredura ao planeta, não se vê ninguém na rua enquanto 5 minutos antes estava centenas de pessoas a assaltarem os estabelecimentos comerciais e outras centenas em fuga?

O Nicolas Cage anda mesmo numa maré de pouca sorte...
.

Um dia da mãe


O gajix ofereceu-me uma prenda que "fez" na creche.

Ofereceu-me-a na Sexta feira.
Era toda pipi.

Feita com 4 caixas para CDs tinha um poema escrito num dos lados, um desenho feito de riscos noutro, uma cartão com uma flor de papel noutro e uma foto dele no último lado.

Ofereceu-me-a na Sexta.
Era toda pipi.

Destruiu-a no sábado.
Está toda desmanchada mas continua pipi.
.

Um dia no Zoo


Ontem esteve um excelente dia. Muito sol. Os passarinhos cantavam e os animais estavam bonitos...fofinhos...engraçadinhos e quase simpáticos...à excepção do gorila que se pudesse tinha rebentado com todas as pessoas que o olhavam...ou não se teria atirado com violência aos vidros que nos separavam!

Houve uns macacos quaisquer que por duas vezes tiveram uma zaragata e eu nem os vi...ta malleeeee...só os ouvia de longe...

Chatinho esteve o gajix que coitadinho por ser baixinho tinha que vir sempre ao colo para espreitar os zooenses...e depois já não queria andar...e depois não queria ir sentado no carrinho...nem consegui convence-lo a vir às cavalitas...e portou-se mal quando via pedras no chão...houve um sr. que, mesmo não tendo dado por isso, ia levando com uma pedrada na cabeça...até os pêlos do cu se me arrepiariam se eu os tivesse...quando vi o que ia acontecendo.

No show dos golfinhos lá o consegui distrair um bocadinho enquando esperávamos pelo começo...ainda dançou...primeiro através de mim...mais tarde sozinho.
Não conseguiu tocar no leão marinho...ainda esticou a mão mas depois encolheu...miúfa..ai não...que o leão era grande!!!!

De referir que a minha companhia, a Precious, foi um mimo porque me ajudou bastante com o carrinho enquanto eu corria atrás do cachopo...devo dizer que no final da tarde eu já pouco corria...ou nada...o melhor termo seria dizer que já me arrastava!

Pensava que ele ia ficar exausto no final do dia mas quem ficou de rastos fui eu!

Para o ano há mais...
.